segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Encontro entre Neurociência e Religião

Dia 14 de Novembro acontecerá o

II Encontro entre a Religião e a Neurociência
na UNIFESP

Horário: das 8:00hs às 14:00hs
Auditório Marcos Lindenberg
Rua Botucatu, 862

Incrições gratuitas:


Estarei por lá, discutindo a importância do corpo na prática espiritual.
No final, teremos uma mesa redonda discutindo com os colegas os temas abordados.
Venha compartilhar deste encontro e expor suas opiniões !

Paz e Alegria à todos !

Katya Stubing

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Palestra Sobre Mindfulness

Dia 26 de Setembro
às 14:40hs
Instituto de Psiquiatria do HC-FMUSP

Avisando a todos que no dia 26 de Semtebro, o Instituto de Psiquiatria do HC-FMUSP oferecerá um grande evento chamado "IPq Portas Abertas".
Neste evento, muitos profissionais estarando dando palestras sobre seus temas de especialidade.

Estarei presente, oferendo a palestra "Meditação Mindfulness e Transtornos Mentais".
Será às 14:40hs, na sala 8 do Hospital Dia, no 4º andar.

Também estarei junto com o Dr. Frederico Leão, oferecendo a palestra sobre "Espiritualidade e Saúde Mental", às 15:50hs, no auditório do 4º andar.

Para se inscrever, por favor acesse o link abaixo:

Venha ! Será um prazer compartilhar esses conhecimentos !

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Mindfulness para Transtornos Alimentares

E mais uma etapa cumprida !
Hoje aconteceu o Exame de Qualificação do meu Mestrado ! Resultado: APROVADO !
O exame contou com os seguintes professores na banca:
  1. Dr. Táki Cordás - Psiquiatra, especialista reconhecido internacionalmente por seus conhecidos sobre Transtornos Alimentares, fundou a Enfermaria de Comportamentos Alimentares no Instituto de Psiquiatria do HC FMUSP.  O Dr. Táki trouxe a preciosa contribuição de seus conhecimentos psiquiátricos para o projeto e por isso, um muito obrigada !
  2. Dra. Clarice Goresntein, professora associada do Departamento de Psicofarmacologia e grande especialista em escalas de avaliação psiquiátrica e na área de psicofarmacologia. Com sua experiência em metodologia de pesquisa, trouxe a valiosa contribuição de como melhorar a estrutura do projeto. Um muito, muito obrigada !
  3. Dra. Tamara Russell, psicóloga clínica, professora honorária de Neurociências no King's College de Londres, grande pesquisadora dos efeitos da mindfulness em pacientes psiquiátricos. Uma contribuição enorme para o trabalho, com sua ampla reflexão sobre os protocolos disponíveis que usam mindfulness. Um grande muito obrigada !
E obrigada também pela participação do meu orientador, Dr. Francisco Lotufo Neto, psiquiatra e psicólogo, que com sua experiência guiou o projeto de forma sábia e generosa.
Agora, é terminar a pesquisa com os pacientes, analisar os resultados finais e publicar !

Num resumo, a pesquisa é um ensaio clínico utilizando mindfulness para pacientes graves, internados com Transtornos Alimentares - na maioria, pacientes com Anorexia Nervosa ou Bulimia Nervosa. Esses pacientes, em sua grande maioria mulheres, estão numa fase bem crítica e geralmente apresentam o transtorno por anos, sendo consideradas crônicas.
O grupo de pacientes internadas na Enfermaria de Comportamentos Alimentares (ECAL) do Instituto de Psiquiatria do HC FMUSP apresenta desafios clínicos para toda a equipe, e poder oferecer um protocolo de mindfulness é uma rica oportunidade.
Através da pesquisa, é possível identificar os pontos em que a prática pode contribuir com o tratamento oferecido pela equipe multidisciplinar da ECAL.
Mas o trabalho ainda não está pronto, portanto, só posso dizer que os resultados preliminares são excelentes, mostrando que há benefícios estatísticamente comprovados.
Em breve, mais informações !
Obrigada a todos pelo apoio !
Katya Stübing

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Um pouco sobre Reiki

Significado

Reiki é uma palavra japonesa e seu significado pode ser melhor compreendido quando analisamos os dois ideogramas que a formam: REI e KI.

REI
1. REI – sabedoria espirirtual.

O ideograma para REI é composto de duas partes: a parte superior representa nuvens e seu significado se relaciona com o céu e com as dimensões espirituais superiores, que estão além do ego. Também recebe outros nomes como Consciência Universal, Verdade Absoluta, Deus, Ser Supremo, etc. A parte inferior do ideograma representa a terra, as camadas de solo e pedra. A parte mediana do ideograma, representada por três quadrados arredondados, representa os três aspectos do ser humano: corpo, mente e espírito. Também representa a pessoa do curador, que serve como ponte entre céu e terra.

KI
2. KI – força de vida.

KI é a força de vida que permeia tudo no Universo. É uma energia que anima, circunda e circula em tudo que é vivo. Quando a energia KI está baixa, existe propensão para a doença. Quando está alta, as chances de uma vida saudável é maior, em todos os níveis: físico, mental, emocional e espiritual.

Assim, o significado de REI KI é uma força de vida que possui sabedoria.

Diferentes Expressões do KI

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) estudou a energia KI (CHI em chinês) e reconheceu que existem mais de 30 formas do KI se expressar. Ela circula pelo nosso corpo, nossos órgãos, tecidos, nossa mente, nossas emoções, enfim, por todo nosso ser. É também a energia sutil que circula pelos meridianos, canais energéticos nadis, e pelos chakras. A energia KI é também influenciada pelos pensamentos e pode ser bloqueada, ou sofrer diminuição se a pessoa tem muitos pensamentos negativos. A energia do Reiki pode restabelecer a saúde, pois dissolve e/ou transmuta os bloqueios de energia, permitindo que então o corpo faça sua parte para restaurar o equilíbrio saudável da mente, do corpo e das emoções.

Todos os curadores que trabalham com energia sutil, trabalham com a energia KI. No caso do Reiki porém, o tipo de KI é diferente, pois é uma energia que possui sabedoria divina e não necessita ser orientada – a energia do Reiki vai sempre para onde ela é necessária e não sofre influência do ego do curador. Por isso, Reiki nunca fará mal. Muito pelo contrário, transmitir Reiki faz bem tanto para quem recebe quanto para quem oferece.

Necessidade de uma iniciação

Por ser uma forma diferente de KI, o Reiki precisa de uma canal especial para fluir e por isso a iniciação por um mestre de Reki é necessária. O mestre irá habilitar o campo energético do aluno a canalizar a energia do Reiki. Após a iniciação em Reiki I o canal é aberto e nunca mais se fecha. Caso a pessoa queiraa, é possível e até recomendado que sejam feitas reciclagens futuras, para que o canal permaneça sempre fluindo em abundância, 24hs por dia.

Após a primeira iniciação, é importante que o novo reikiano permita-se alguns meses para que seu campo pessoal se ajuste ao novo influxo de energia de vida. É possível, neste processo de limpeza, a pessoa sentir dores estomacais, dores de cabeça, dores musculares, ou outras reações físicas. Também é possível passar por um período de maior sensibilidade emocional. Tudo isso é normal, desde que excluídas causas médicas prévias (1). Por isso, é necessário um período de adaptação ao novo influxo de energia. Durante os primeiros meses, a prática do Reiki, tanto para uso pessoal quanto na doação para outros, irá fortalecer o canal e também iniciará um processo de limpeza físico, psíquico, mental e espiritual no reikiano.
Após a iniciação, tudo o que é preciso para transmitir Reiki é posicionar as mãos na outra pessoa, objeto, planta, animal, etc.

REI KI

Lembre-se:

· Reiki é energia de vida comandada pela sabedoria divina - tudo em nossa volta é alimentado e sustentato por ela. 


· Por ser guiado pela sabedoria divina, Reiki nunca causa danos.


· Doar Reiki também não esgota sua energia, pois você estará transmitindo a energia Reiki que flui através de você, e não a sua energia.


O posicionamento das mãos ajuda ao Reiki atingir a área necessitada com mais facilidade. Apesar da sabedoria do Reiki levá-lo para a parte do corpo onde ele é necessário, posicionar as mãos em diferentes partes do corpo ajuda o processo de fluir Reiki para o corpo da outra pessoa. Quando a energia está bloqueada, é possível que a pessoa recebendo Reiki sinta frio; se a energia for transmutada, é possível que sinta calor.

A aura é um campo energético que envolve e permeia tudo o que é vivo. É também chamado de biocampo por cientistas que atualmente investigam suas caracterísitcas. O estado de saúde de uma pessoa é refletido na aura e na verdade, acredita-se que os problemas de saúde se iniciam no campo energético. Utilizando Reiki para tratar o campo energético, o corpo físico é liberado para realizar a cura natural, para o qual é programado.

Devemos lembrar que mesmo em doenças graves e crônicas, o corpo tenta se restabelecer e o trabalho do médico/curador é ajudar esse processo natural. Quando cortamos um dedo, por exemplo, tudo o que o médico pode fazer é limpar e fechar o corte – o corpo fará a cura. O mesmo acontece com tratamentos mais fortes, como a quimioterapia – ela enfraquece as células nocivas para que o corpo consiga se restabelecer (2).

Reiki pode ser usado para tratar todo o tipo de doenças. Sua energia é forte e ao mesmo tempo gentil. Existem estudos mostrando os benefícios do Reiki em diversas patologias: câncer, dores crônicas, ansiedade, depressão, insônia, distúrbios hormonais, cansaço, cortes, queimaduras, esclerose múltipla, e outras. Por isso, o Reiki é uma excelente forma de terapia complementar ao tratamento médico, e pode diminuir efeitos colaterais de tratamentos alopáticos. Atualmente, o Reiki é oferecido em hospitais em várias partes do mundo. Nos EUA, mais de 800 hospitais oferecem Reiki como parte do tratamento e aqui no Brasil, hospitais paulistas como Einstein e Sírio Libanês também possuem pessoas iniciadas para oferecer Reiki aos seus pacientes.

Ricardo Monezi Oliveira realizou em 2003 uma pesquisa para averiguar os efeitos da impostação das mãos em ratos – este foi seu projeto de Mestrado pela USP. Para tal, ele criou três grupos com 20 ratos machos em cada. O primeiro grupo recebeu impostação de mãos, o segundo foi um grupo placebo (usando mãos de borracha sobre os ratos, simulando mãos humanas) e o terceiro não recebeu nada. Os resultados mostraram que a impostação de mãos não é um efeito placebo e que aumentou significativamente a eficiência do sistema imunológico dos ratinhos.

Apesar de ser de natureza espiritual e promover amor e compaixão, Reiki não é uma religião e por isso não interfere com as crenças pessoais de quem recebe ou doa. Ao contrário, ser iniciado em Reiki aumenta a sensibilidade e a experiência espiritual de quem pratica, independente de seu credo.

Sobre o fundador do sistema de cura natural Reiki
Mikao Usui


O sistema de cura natural Reiki foi canalizado por Mikao Usui, um japonês que estudou Budismo, Cristianismo, Medicina, curas naturais, psicologia e divinação, entre outras coisas. Nasceu em 15 de Agosto de 1865 e faleceu de doença aguda aos 62 anos. Usui recebeu a abertura espiritual para o Reiki durante um retiro de 21 dias que fez no Monte Kurama. Inicialmente, usou Reiki para tratar sua família, depois usou para tratar todos que necessitavam de ajuda. Em abril de 1922, estabeleu um centro de Reiki em Tóquio, onde oferecia iniciação e tratamento gratuitos.


__________
(1) É sempre recomendado que em casos de malestar persistente, um médico seja consultado.
(2) Problemas podem acontecer devido ao alto número de sessões de quimioterapia, onde células saudáveis também morrem, enfraquecendo o processo de cura natural do corpo.


Referências:

Rand, W. L. (1991). Reiki, the healing touch. First and second degree manual. Visions Publication. Link para livro.

Oliveira, R. M. J. (2003). Avaliação de efeitos da prática de impostação de mãos sobre os sistemas hematológico e imunológico de camundongos machos. Dissertação. Link Google.