domingo, 28 de abril de 2013

Conferência sobre Mindfulness, Inglaterra 2013

Compartilhando um pouco sobre o vi e aprendi na Conferência sobre Mindfulness organizada pela Bangor University e pela Breathworks, realizada em Chester, Inglaterra.
O evento teve duração total de 5 dias (de 22 a 26 de Março), sendo um dia de pré-conferência e um dia de pós-conferência.
Estavam presentes grandes nomes da área, como:

JON KABAT-ZINN

Estudou Biologia Molecular no MIT, fundou a Clínica para Redução do Estresse e o Centro de Mindfulness na Medicina, na Universidade de Massachusetts, EUA, onde também é professor emérito.
Desenvolveu o protocolo Mindfulness-Based Stress Reduction (MBSR) de 8 semanas para tratamento de pacientes com dor crônica no início da década de 80.

No Domingo, dia 24 de Março, Kabat-Zinn coordenou um workshop que durou o dia todo, com intensa prática de mindfulness e orientações para os participantes. Muito inspirador !





SHAUNA SHAPIRO

Professora associada da Universidade de Santa Clara, CA, EUA. Psicóloga, praticante de meditação há 20 anos.
Desenvolveu, junto com Carlson, Astin e Freedman (2006), conceitos sobre os mecanismos de mindfulness.

 Na abertura do evento, houve uma palestra simplesmente incrível com Shauna Shapiro, uma grande pesquisadora da área. Ela falou sobre a importância da motivação para a prática e sobre a dimensão espiritual trabalhada na meditação, que não pode ser negligenciada.



JOHN TEASDALE

Principal pesquisador da Oxford University. Unidade de Ciências do Cérebro e da Cognição, Cambridge. Principal foco de trabalho: depressão.
Junto com Mark Williams e Zindel Segal (1995) desenvolveu o programa MBCT (Mindfulness-Based Cognitive Therapy).

Atualmente, o Dr. Teasdale já está aposentado, mas continua se dedicando ao estudo da mente e das práticas de mindfulness. Seu sistema teórico sobre o funcionamento da mente humana, conhecido como Interacting Cognitive Subsystems (ICS) é uma excelente ferramente para traduzir para a linguagem científica os conceitos de mente encontrados na literatura clássica budista. Para os interessados, existe um artigo excelente que pode ser encontrado com a referência: Clin. Psych. Psychother., 6, 1999.
Recomendo !


MARK WILLIAMS

Professor da Oxford University. Principal foco de trabalho: suicídio.
Junto com John Teasdale e Zindel Segal (1995) desenvolveu o programa MBCT (Mindfulness-Based Cognitive Therapy).
O professor Mark Williams falou sobre seu trabalho com pacientes deprimidos com ideação suicida e de como as práticas de mindfulness ajudam a diminuir processos ruminativos mentais negativos. Com o treinamento, os pacientes podem enxergar novas perspectivas para seus problemas, de forma mais positiva e isso reduz a tendência suicida, mesmo que ainda haja depressão.





 E ainda tive a honra de explicar meu trabalho para o professor, que passou pelo meu poster !






Sempre acompanhada da colega Dra. Tamara Russell, o evento foi uma experiência inesquecível. Estar próxima de tantos praticantes e tantos pesquisadores só aumenta minha vontade de dedicar cada vez mais meus estudos e prática e essa maravilhosa ferramenta de bem-estar e promoção de saúde !

Vamos praticar ???